PALESTRA PINTURA MEDIUNICA UCRS – 21 Encontro -27-03-2011

LIVRO DOS MÉDIUNS

CAPITULO XIV – DOS MÉDIUNS

159 Todo aquele que sente, num grau qualquer, a influência dos Espíritos é, por esse fato, médium. Essa faculdade é inerente ao homem: não constitui, portanto, um privilégio exclusivo. Por isso mesmo, raras são as pessoas que dela não possuam alguns rudimentos. Pode, pois, dizer-se que todos são, mais ou menos, médiuns. Que são classificados em vários tipos ex.

Médiuns sensitivos, falantes, videntes, curadores, etc….

CAPITULO XV- DOS MÉDIUNS ESCREVENTES OU PSICÓGRAFOS .

Médiuns mecânicos, semi- mecânicos , intuitivos etc ……

CAPITULO XV I- DOS MÉDIUNS ESPECIAIS.

185- Além das categorias de médiuns que acabamos de enumerar , a mediunidade apresenta uma variedade infinita de matizes, que constitui os chamados médiuns especiais, dotados de aptidões particulares, ainda não definidas, abstração feita das qualidades e conhecimentos do Espírito que se manifesta.

190- Médiuns especiais para efeitos intelectuais .Aptidões diversas

Médiuns pintores ou desenhistas ; os que pintam ou desenham sob a influência dos Espíritos.

A psicopictografia, popularmente referida como pintura mediúnica, é uma manifestação mediúnica pela qual um espírito, através de um médium, se expressa por meio de pinturas ou desenhos.

Prova que a vida continua, e fazer a caridade que esses espíritos não conseguiram realizar em vida, ajudando assim aqueles que precisam, dar também assistência espiritual para o público presente encarnado ou desencarnado.

Pintores estrangeiros que se manifestam .

Franceses = Braque, Renoir, Matisse, Gauguin, Monet ,Toulose-Lautrec e vários outros

Italianos = Modigliano e Michelangelo…. Ingles = Tuner …….Russo = Kandinsky

Espanhois = Picasso Goya e Miró ……Holandes= Rembrand, Van Gogh e Mondrian

Os brasileiros

Paranaense = Miguel Bakun …. Paulista = Djanira, Tarsila do Amaral e Portinari Carioca= Di Cavalcanti….. Mineiro= Lisboa

Nesta época a Pintura ainda não tinha vinculação a medicina espiritual chamada ARTE CURA.

A Pintura, a Medicina e a Música, além das outras 5 modalidades artísticas existentes no Espiritismo:Teatro, Literatura e a Poesia, Artes Cinematográficas, Dança (balé clássico) e Artes Plásticas em Geral, integram o Projeto Arte-Cura .

Cura através da arte, isto é, “Arte-Cura“, foi assim intitulada pelos próprios Espíritos comunicantes por ter o objetivo de curar, …ajudar na cura, ….fazer tratamento, cirurgias, aliviar enfermidades físicas ou perispirituais através da Arte Mediúnica.
Sobre este Trabalho tem-se conhecimento de que, no Brasil, surgiu com base no Evangelho do Cristo aos 17 de julho de 1981 em Guarapuava/PR através da Médium WALKIRIA DA SILVA KAMINSKI , desconhecedora das mais elementares noções de pintura .

Tendo sua origem de uma família espírita , e praticantes do evangelho no lar desde sua infância tinha a vidência e ela relata que enxergava, criança e até brincava. e achava normal, pensava que todo poderiam ver como ela . o seu primeiro contato com o livro dos espíritos foi aos 12 anos e no ano 1971 ela foi introduzida no desenvolvimento mediúnico.

Foi quando em um trabalho mediúnico em um CE. Apareceu para ela o espírito do pintor holandês Rembrandt pedido para ela que providenciasse material para pintura.

Alguns resumos ditados pelo Rembrandt

Em 22 de julho 1988

Em vários lugares deste Planeta , muitos tem recebidos mensagens sobre o poder que a arte exerceram e exercem sobre a humanidade , pois a Arte será uma das grandes responsáveis pela transformação do Terceiro Milênio. Como o objetivo maior de todo este trabalho, queremos colocar aqui, para muitos, como a Arte, para nós, é usada de forma a curar tantos enfermos no Plano Terrestre.

Necessário se faz que a Humanidade evolua muito ainda para compreender o real valor das Artes, e em especial a Arte Mediúnica, que vem surgindo cada vez mais e nas mais diversas formas para tantos médiuns que existem na Terra.

Nas Artes Plásticas é necessário que se conheça a sua real importância neste trabalho que, entre outras modalidades de cura , funciona como cromoterapia .

Como a Artes Plásticas, usamos preciosos instrumentos dos médiuns; que são as mãos para ser possível realizar os trabalhos de pintura.

Na musica , utilizamo-nos de outro; a audição, que fica mais aguçada, através dos sons diversos melodias quando tocadas transmitem ao ambiente uma espécie de magnetismo vibratório vivenciam um momento de paz profunda, revigorando-se dos seus males físicos e espirituais.

Por isso o trabalho da Musicoterapia é fundamental importância para a recuperação de viciados e desequilibrados; nesses momentos são feitas verdadeiras lavagens cerebrais, levando-os á recuperação total.
Os Trabalhadores do Mundo Astral iniciaram uma redobrada atenção, extrema cautela, muito amor e carinho pois aguardaram durante muito tempo a autorização do Mais Alto para trazê-lo a esta Crosta Terrestre objetivando atendimento físico-espiritual, e aos desencarnados, segundo informação do Mentor Rembrandt.

A atividade é constituído de :
a) Desenhos Mediúnicos inclusive Individuais — , pintados com giz-de-cera oleosos, giz pastel seco, coloridos, fortes, “de boa qualidade facilita a rapidez na pintura por serem macios e com cores fortes

b) Telas ou papel cartão- pintados com tubos de tintas a óleo ou acrílica pintadas através dos dedos do médium.

Com música clássica e a participação de médiuns pictógrafos encarnados, a pintura arte-cura é associada à Medicina Espiritual e executada por artistas plásticos, médicos, paramédicos, cirurgiões, enfermeiros, terapeutas, psicólogos, músicos, compositores, dançarinos e demais trabalhadores afins, domiciliados no Plano Imaterial, todos incumbidos, por Jesus, de se dedicarem a essa Atividade Cristã Curativa.

O Espírito Artista Rembrandt e o Espírito Médico brasileiro Dr. Adolfo Bezerra de Menezes a nível Brasil , na qualidades de Mentores dirigem, respectivamente a parte artística e a equipe médica. A orientação superior é exercida pela Mãe Maria de Nazaré. Além de muitos outros médicos espirituais encontram-se o Dr. Adolph Fritz e o Dr. André Luiz.

O Espírito Luiz Sérgio participa desse Trabalho conduzindo, separadamente, Grupos de Viciados e de Aidéticos, desencarnados, com a finalidade de serem submetidos a tratamento médico – espiritual durante a Pintura.

Os pintores, quando estavam no Mundo Físico, ao produziam as suas obras e encontravam o significado da vida pois sentiam-se sempre envolvidos por uma energia maravilhosa que lhes restabelecia a saúde, desapareciam angústias e depressões das quais todos sofriam e foi num desses momentos que o artista Van Gogh disse ( … ) “Somente através da Pintura poderei recuperar a minha saúde.”

Seguida, de leitura de tema contido no “O Evangelho Segundo o Espiritismo”, de Allan Kardec e de esclarecimentos sobre a temática da Pintura Mediúnica Curativa.

Nessa ocasião Espíritos desencarnados, incumbidos, espalham energias curativas em todo o material de pintura distribuído sobre a mesa dos trabalhos,
As energias curativas:são procedentes da Natureza terrena não poluída, extraídas das flores, das ervas medicinais e, também do Plano Maior, com o acréscimo das essências, do néctar e do perfume das flores dos Jardins da Colônia Espiritual dos Suicidas Maria de Nazaré.

Ao final de algumas Reuniões tem surgido várias pessoas, principalmente irmãos, afirmando que durante a Pintura sentiram perfume de flores.

,Os encarnados durante a realização da Tarefa, é primordial: fazendo-se necessário que a assistência permaneça em silêncio, em atitude respeitosa.
Esta é a regra imposta pela disciplina e pela segurança do Trabalho.

Com o silêncio, os Espíritos encarregados, benevolentes, espargem energias salutares em todas as pessoas e no recinto, propiciando clima de harmonização, para que os resultados obtidos sejam sempre coroados de bom êxito.
Ruídos perturbadores, tais como: burburinhos, conversas, cochichos, pancadas, arrastamento de cadeiras, bancos ou similares, aplausos, assobios, além da ausência de preces ou de concentração, desequilibram toda e qualquer atividade mediúnica, séria


Isto ocorrendo, há paralização na Pintura e todos os amigos espirituais retiram-se imediatamente do recinto.

Portanto, nessas ocasiões, irmãos encarnados devem evitar movimentar-se no recinto.

É indispensável participação de médiuns pictógrafos, a arte-cura se desenvolve num processo natural, não sendo necessário que o medianeiro possua qualquer conhecimento teórico de como pintar, pois são os artistas desencarnados que, na maioria das vezes, executam as suas próprias obras atuando diretamente nas mãos do receptor, no caso, mecânico, mediante a superposição de, mais ou menos, 2 centímetros.
Na produção dessas obras o médium poderá, ainda, receber inspiração ou através da sua visão o transmissor apresentando-lhe a pintura, ele a transfere diretamente para o papel-cartão ou para a tela.

Com o material de pintura apropriado, o receptor atuante dispondo do necessário equilíbrio e do bom senso, deverá estar em perfeita sintonização com os queridos.irmãos desencarnados. Em decorrência, ele receberá o Fluido Cósmico Universal, matéria-prima que lhe permita uma impressão agradável resultando em euforia, com energias e vibrações harmônicas, condizentes com a sua situação física naquele exato momento.

Nessa Parte Artística são apresentadas músicas ligeiras, vibrantes, de preferência orquestradas, utilizando-se clássicos instrumentais apropriados para tais Eventos nos quais é permitido, não exageradamente, o aumento do volume do som que acompanham a execução das obras em decorrência dos movimentos rápidos nos braços do psicopictógrafo.

Automaticamente, ao médium são transferidas as energias resultantes, da musica ocorre, simultaneamente, a belíssima Musicoterapia Espiritual.

As ondas sonoras com os seus acordes provocam:

a) A eliminação total das energias negativas, perturbações e conflitos que se encontrarem nas pessoas e no ambiente;
b) O controle do estado emocional dos médiuns atuantes, relacionado aos pintores;
c) A harmonização dos laços estabelecidos entre os receptores e os assistentes na assembléia, proporcionando-lhes profundo bem-estar geral.

Na execução da Pintura se algum giz-de-cera ou tubo-de-tinta cair no chão, ocorrerá a sua total desenergização . Neste caso o objeto não deverá ser apanhado; somente o seu imediato recarregamento feito pelos irmãos desencarnados incumbidos, deverá ser recolhido e a pessoa que tencione erguê-lo receberá intuição no devido momento, colocando-o silenciosamente em cima da mesa dos trabalhos, junto aos. outros.

Costumam-se ver médiuns trabalharem com os olhos fechados ou semi-cerrados, dois ou mais Espíritos desencarnados pintarem juntos ou, ainda, serem executadas obras em sentido inverso.

Esses artistas não usam cavalete, espátulas ou solventes, , pois as tintas são retiradas diretamente dos tubos. Algo também observado e realmente impressionante é que, nessa Pintura, sem a utilização de pincéis, somente com os dedos e, sem luvas, as variadas tintas a óleo não se misturam. Sendo produzida em excessiva velocidade, o médium somente limpa as suas mãos no final do Trabalho, devendo ser executado sem interrupções.

Materialmente, sem o uso de pincel, este, para os pintores, é constituído do antebraço e dos dedos do médium, representando, respectivamente, o cabo e as cerdas, “Por sinal bem grosseiro,” conforme afirma a psicopictógrafa Walkiria da Silva Kaminski.

Convém esclarecer que, que o atendimento Médico-Espiritual aos necessitados através dos Desenhos Mediúnicos Individuais, destinados exclusivamente aos ausentes impossibilitados de comparecer à Reunião Pública.

Para a sua elaboração, deverá ser escrito em uma folha de papel , apenas o nome e o endereço do paciente, contudo se houver mais de um na mesma residência, o nome será daquele cujo caso seja considerado mais urgente porquanto todos serão atendidos pela Equipe Médica Espiritual, independente de desenho.
E, surpreendentemente, existindo enfermos na vizinhança serão igualmente atendidos pela mesma Equipe na ocasião do atendimento médico na área, Assim, a Equipe Médica somente retirar-se-á após cumprida a sua missão.

Também, pessoas ausentes que residam em quaisquer outros locais para as quais for solicitado idêntico atendimento, os respectivos Desenhos serão remetidos através do Correio acompanhados de Instruções de como proceder.

Todas essas obras são simples, predominando flores pintadas com lápis ( giz- de—cera) por já sabermos que, neles é anteriormente procedida a imantação das energias curativas e, quanto ao significado das cores, indicando as enfermidades, é o mesmo que conhecemos nesta crosta terrena.

A utilização dessas cores por serem detentoras do poder de energizar pontos específicos do corpo humano, são as 7 que integram o arco-iris: amarelo, azul claro, índigo, laranja, verde, vermelho e violeta.

A fim de serem evitadas informações destorcidas, infundadas sobre os citados Desenhos com relação às enfermidades dos pacientes, aos seus responsáveis ou Interessados, médiuns ou quaisquer outras pessoas, é direcionado o alerta, acatando-o, relativo à oportuna observação espiritual de que essas criaturas, não devem tentar prestar-lhes esclarecimentos, porquanto por não serem de sua competência, tais informações resultam jnverídicas, inaceitáveis, não confiáveis por faltar-lhes o indispensável conhecimento a respeito desse importantíssimo assunto.

No caso, é competência exclusiva das equipes médicas espirituais, benevolentes, responsáveis pela aludida Tarefa Mediúnica.

Neste sentido, especialmente aos receptores, limitar-se-ão apenas ao cumprimento de sua missão perante à Espiritualidade Superior que, com dedicação, amor, boa–vontade e seriedade atuarão, se necessário for, apenas na vidência, , na psicofonia e na psicografia no decorrer da Atividade.

O Diagnóstico Espiritual das pessoas enfermas, ausentes, é feito pelos Espíritos médicos da Equipe através da Ficha Cármica de cada uma delas mediante apenas o nome e o endereço residencial, unidade hospitalar ou de qualquer outro no qual se encontrem no momento.
A aludida Ficha é, na ocasião da Pintura, apresentada aos artistas atuantes objetivando a elaboração dos Desenhos Mediúnicos Individuais. Após a Reunião, tais pacientes através dos responsáveis, serão detentores desses Desenhos por constituírem, simultaneamente, a Consulta, a Receita Médica e o Tratamento.
Quanto à Assistência e ao Tratamento-Médico Espiritual, serão feitos pelos devotados e bondosos Espíritos da mesma Equipe Médica.

E, o Diagnóstico Espiritual dos enfermos presentes ao Evento é, também, feito pela mesma Equipe porém através da leitura da aura de cada um deles, por ser uma emanação fluídica, sutil, constituindo campo luminoso ao redor do corpo humano refletindo saúde física, mental e espiritual.

Uma parte dessa Assistência é, quase sempre, constituída de pacientes que necessitam de tratamento urgente e, assim sendo, é atendida “in loco” durante a Pintura, inclusive com cirurgias, se necessário for.
CONCLUSÕES:

– No Trabalho Mediúnico Arte-Cura, a pessoa enferma ou o responsável por ela deverá ter, sempre, pensamentos positivos, Fé, ler o Evangelho do Cristo e, ao receber o Desenho, sem DOBRÁ-LO nem AMARROTÁ-LO por estar imantado de energias curativas, o deixará exposto ao lado do leito onde dorme pois os médicos espirituais a assistem dando – lhe o correspondente tratamento.

Não há limite de tempo para o desenho ficar exposto.O beneficiado ou o responsável será intuído após o tratamento físico-espiritual a proceder a sua retirada, permanecer no mesmo local ou em um outro adequado pois as energias positivas curativas, são renovandas , continuarão imantando, beneficiando todo o ambiente.
É aconselhável não colocar-lhe vidro contudo, se preferir poderá, depois do tratamento, ser plastificado e emoldurado.

Estando essas obras imantadas com energias curativas, o vidro por ser uma mistura de minerais e produtos químicos, retém tais benefícios e, no caso, a plastificação apresenta a vantagem de, por ser, simplesmente uma película de celofane, transparente de celulose, as protege, conservando -as.

Ainda, sobre este assunto, em 03 de julho de 2003, o mesmo Espírito Dirigente Picasso, o complementando, a pedido, esclareceu que “O vidro é uma substância complexa de elementos físicos, sobre os quais a ação da indústria, utilizando temperaturas elevadas que modificam o conteúdo físico-químico e, conseqüentemente, o substrato astral do produto, torna-se impróprio para permitir com a suavidade necessária à conservação da pureza da substância espiritual, o quantum-força dos fluidos transmitidos da fonte espiritual para a composição físico-químico das cores aplicadas, de alguma forma diminuindo a eficácia curadora para qual foi o Desenho elaborado.

Na Arte-Cura, há algum tempo, as obras pintadas deixaram de ser assinadas pelos próprios pintores. A princípio eles as assinavam a fim de nós, posteriormente, pudéssemos identificar o estilo de cada um deles.

A propósito, certa noite, em Recife/PE , uma irmã presente à demonstração da pintura em uma determinada instituição espírita, indagou: “Eles não assinam?” Imediatamente o Dirigente Picasso disse-me: ” Não assinamos para não estimular a vaidade nos irmãos“….

Disse Rembrandt :

(…) .” o fluido espiritual da cura, que é produzido pela concentração de todos, em oração à Misericórdia de Deus, para permitir a cura daquelas almas sofredoras, é colocado nas cores e no desenho escolhido que se projeta diretamente na parte afetada do corpo humano, produzindo uma renovação completa no tecido do corpo iniciando o processo da cura.”.
Toda cura está relacionada ao grau de merecimento do paciente, não obstante, Jesus ampara a todos.”

Quando do surgimento dessa Tarefa, Rembrandt informou à médium Walkiria que, dentre os artistas desencarnados, o irmão Picasso, além da produção de suas normais obras mediúnicas, fora o escolhido na Espiritualidade Superior para pintar os Desenhos Individuais. Foi designado por “ser o mais humilde e o mais rápido de todos ” e que havia recebido permissão de Mais Alto para descer aos umbrais todas as vezes que fossem necessárias para o seu fiel cumprimento quando tratarem-se de casos exclusivamente obsessivos.

Naqueles redutos trevosos, com a assistência do Espírito Protetor, ´localiza e identifica os irmãos de categoria atrasada, vingativos, rebeldes, rancorosos e “cobradores” que se comprazem em fazer somente o mal. Muitas vezes o fazem limitando-se ao malefício que receberam em vidas passadas.

Nas situações obsessivas a resolver, nas quais as pessoas encarnadas sejam merecedoras e chegada a ocasião, Picasso, sem perder tempo, retrata os irmãos umbralinos através de caricaturas tão logo produza os correspondentes Desenhos.
Esses obsessores enfermos e infelizes são destituídos da capacidade de percebê-lo pois os Espíritos inferiores, de acordo com o seu campo de percepção somente vêem os da sua própria faixa vibratória e a matéria ou, raramente, quando o caso requer, entidades esclarecidas.

Tais irmãos ao se virem retratados ficam apavorados, revoltadíssimos, furiosos não entendendo o porquê da sua descoberta. E, após uma série de sentimentos antagônicos, lentamente acalmando-se, ficam envergonhados e arrependem-se.
Renunciando aos seus malévolos propósitos largam o desafeto, não mais o atormentando, torturando ou prejudicando.
Nessas ocasiões ficam tão comovidos que aceitam, facilmente, sugestões e orientações dos benfeitores espirituais.

A partir daí, conforme o caso, por esses bons amigos, serão encaminhados imediatamente a Escolas de Regeneração, às Colônias e aos Centros de Reeducação da Esfera Maior recebendo, posteriormente, orientação de modo especial.

Obsessores que prejudicam familiares e amigos são retratados nos desenhos pelo Espírito Picasso, de forma natural e discreta, objetivando a harmonização em seus lares.

Que belo, silencioso e grandioso esse Trabalho da ARTE CURA !

Nessa Tarefa, em 1992, vários pintores desencarnados integrantes da Equipe foram autorizados pela Espiritualidade Superior para colaborar com o irmão Picasso somente na elaboração dos Desenhos Curativos Individuais, comuns.

. Quando, na pessoa enferma o estado de saúde for muito sério, considerado terminal tanto no Mundo Físico como no Astral, o Desenho produzido pelo pintor, é relativo à desencarnação.
Neste caso ele a expressa sutilmente, preparando a pessoa enferma para o seu retorno à Pátria Espiritual sendo lá, a recepção é efetuada pelos próprios Espíritos incumbidos de tão delicada e importante missão.

Os Desenhos Mediúnicos Individuais são gratuitos porém existem outras obras que, pintadas a óleo em papel-cartão, são repassadas aos interessados com valor simbólico,
Em 16 de agosto de 2001 o Mentor Rembrandt ditou: “Os quadros mediúnicos oferecidos para o público só devem ser adquiridos por alguém, se este “captar” referência e gosto desconhecidos no ato da posse.

“Nada no Mundo Espiritual tende ao devaneio ou ao passatempo infrutífero.
“Tudo o que se realiza com equilíbrio e disposição, encontra ressonância no universo individual que limita o Homem em sua jornada.”

De acordo com inúmeros depoimentos de pessoas beneficiadas desde 1981, as obras transmitindo vibrações para ajuda ou para a cura espiritual de doenças físicas, em alcoolátras e toxicômanos, de distúrbios psicossomáticos, de pessoas com tendências suicidas, de desequilibrados de toda espécie e, ainda, de casos espirituais e perispirituais.

Disse Dr. Bezerra de Menezes:
UNAMO -NOS,
QUE A TAREFA É DE TODOS NÓS.

Obs:

No principio de 1992 Rembrandt surgindo a distância, irradiando intensa luz, avisou a médium Walkiria Kaminski que iria reencarnar e que o irmão Kandisnky o substituiria na direção geral do trabalho ,para o qual já estava se exercitando

Fonte ;

Livro dos médiuns

Esclarecimentos sobre pintura na” arte-cura” encontra-se no livro “Arte-cura” na pintura mediúnica ; Maria Helena de O. Rufino

Palestra/demonstracao do noso amigo Ivo Jair Roman.




Deixe uma resposta